"Um universo inteiro cabe dentro de um grão de areia..."

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Oh Chuva! Eu peço que caia devagar...

 

Se me permitem, faço minhas as palavras cantadas por Luiz Gonzaga...


Oh! Deus, perdoe este pobre coitado
Que de joelhos rezou um bocado
Pedindo pra chuva cair sem parar!
Oh! Deus, será que o senhor se zangou
E só por isso o sol arretirou
Fazendo cair toda a chuva que há?
Senhor, eu pedi para o sol se esconder um tiquinho
Pedir pra chover, mas chover de mansinho
Pra ver se nascia uma planta no chão
Oh! Deus, se eu não rezei direito o Senhor me perdoe,
Eu acho que a culpa foi
Desse pobre que nem sabe fazer oração
Meu Deus, perdoe eu encher os meus olhos de água
E ter-lhe pedido cheinho de mágoa
Pro sol inclemente se arretirar
Desculpe eu pedir a toda hora pra chegar o inverno
Desculpe eu pedir para acabar com o inferno
Que sempre queimou o meu Ceará

[Súplica Cearense, Gordurinha e Nelinho]





Diria eu, uma súplica Nordestina...

Anne Barreto
30/06/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada! =]

Postar um comentário